Como se manifesta a intolerância à lactose ou a alergia à proteína do leite de vaca nos bebés?

 As intolerâncias nem sempre se reconhecem de imediato. Sintomas como diarreia, dor de estômago e inchaço podem aparecer só depois de algumas horas ou até mesmo dias após o consumo dos alimentos. Deve consultar o seu pediatra se suspeitar que o seu filho sofre de intolerância.

Conselhos para lidar com as intolerâncias

  • ¿Qué hay que hacer ante una intolerancia a la lactosa?

    La intolerancia a la leche de vaca a menudo indica una intolerancia a la lactosa

    La intolerancia a la lactosa consiste en la incapacidad de procesar los azúcares de la leche (es decir, la lactosa).

    Si se confirman tus sospechas de una intolerancia a la lactosa, puedes, con la aprobación del pediatra, utilizar una leche infantil especial sin lactosa (fórmula SL) para seguir aportando nutrición a tu hijo.

  • O que fazer em caso de intolerância ao leite de vaca?

    A intolerância ao leite de vaca indica geralmente uma intolerância subjacente à lactose

    A intolerância à lactose é uma incapacidade de processar os açúcares do leite (lactose). Se as suas suspeitas de intolerância à lactose se revelarem corretas, pode, com a aprovação do seu pediatra, alimentar o seu filho com um leite especial para bebés sem lactose (fórmula SL).

    Se se confirmar uma alergia ao leite de vaca, isto significa que o seu filho não consegue processar a proteína presente no leite de vaca. Neste caso, costumam ser recomendadas as fórmulas infantis que contêm proteínas de leite de vaca decompostas (hidrolisadas) ou misturas de aminoácidos.
    Como alternativa, a partir dos 6 meses de idade, os bebés podem ser alimentados com um leite para lactentes especial (fórmula SL) que não contém proteína do leite de vaca. Em vez disso, contém um isolado de proteína de soja purificada como fonte de proteína, que foi especialmente desenvolvido para fórmulas infantis.

  • O que é a doença celíaca?

    A doença celíaca é uma intolerância ao glúten

    A doença celíaca é uma intolerância do intestino delgado ao glúten. Na Alemanha, aproximadamente 1 em cada 500 pessoas sofre de doença celíaca. A causa exata desta doença ainda não foi determinada de forma conclusiva. O que é evidente é que existe uma predisposição genética que, juntamente com fatores externos, leva à doença.

  • Como reconhecer a doença celíaca ou a intolerância ao glúten?

    Muitas vezes, não é possível realizar um diagnóstico rápido devido ao complexo conjunto de sintomas.

    Indicações de intolerância ao glúten:

    • A principal característica é a incapacidade de ganhar peso, ou mesmo insuficiência ponderal crónica, devido aos danos causados à função do intestino delgado causados pela doença celíaca.
    • Além disso, a criança expulsa grandes quantidades de diarreia gorda, na qual são excretados nutrientes valiosos dos alimentos antes de terem sido digeridos.
    • Perda de apetite, irritabilidade, inchaço, dores de estômago e vómitos são outros sintomas comuns.

    Um diagnóstico rápido e preciso costuma ser difícil devido ao conjunto de sintomas atípicos e complexos.

    Se suspeitar que o seu filho é celíaco, deve consultar um médico. O diagnóstico determinará se é necessário que o seu filho siga um regime alimentar sem glúten, ou seja, que sejam eliminados todos os tipos de cereais com glúten e quaisquer produtos feitos com eles. As papas, o pão ou os produtos de padaria à base de cereais normais também não são adequados. Com uma dieta rigorosa sem glúten, a membrana mucosa do intestino delgado regenera-se e os sintomas desaparecerão dentro de algumas semanas.

    O serviço de apoio aos pais da Humana terá todo o prazer em lhe aconselhar quais os produtos adequados para o regime alimentar sem glúten do seu filho.

  • Quando e como se desenvolve a doença celíaca ou a intolerância ao glúten?

    A doença celíaca aparece dependendo de quando são introduzidos os primeiros alimentos com glúten
    • A doença celíaca começa geralmente dois a quatro meses após o primeiro contacto da criança com alimentos que contêm glúten (por exemplo, sob a forma de papas para bebé com glúten).
    • O aparecimento dos primeiros sintomas de doença celíaca desde a introdução alimentos que contêm glúten (por exemplo, papas com glúten) é muito variável. Pode oscilar entre algumas semanas a alguns anos.
    • 10% das crianças afetadas com menos de dois anos de idade apresentam uma doença celíaca temporária, que desaparece após os 2 ou 3 anos de idade.

    Se os doentes celíacos continuarem a consumir alimentos com glúten, a membrana mucosa do intestino delgado será danificada, o que prejudicará a função digestiva global e a absorção dos alimentos. Devido ao contacto constante com o glúten, as vilosidades do intestino delgado (saliências em forma de dedo no interior do intestino) começam a atrofiar. A superfície intestinal torna-se lisa e só consegue desempenhar a sua tarefa de transporte de nutrientes de uma forma limitada.


Estamos aqui para ajudá-los

Se tiver alguma dúvida sobre os nossos produtos entre em contato connosco, teremos todo o gosto em ajudá-los e aconselhá-los.

Contacte-nos
De volta ao topo