baby holding dads finger sitting on the couch

Ser pai:
Um bebé muda tudo

Com a gravidez, a sua vida e a sua relação irão sofrer uma grande mudança. Mas, assim que o bebé chegar, esta mudança assume uma dinâmica e uma qualidade diferentes. Agora que é pai, tem de se habituar a muitas coisas: a uma vida com menos sono e mais responsabilidades, com algumas preocupações e grandes desafios. Vai muitas vezes sentir-se cansado e exausto. Mas, quando acariciar e olhar para o seu bebé, compreende que esse ser tão pequeno e frágil, merece todos os seus esforços.

 


mamã, papá e bebé deitados na cama, muito felizes

Agora são três:
Como aprender a ser pai

Enquanto casal, provavelmente já têm uma ideia de como querem organizar o dia-a-dia com um bebé. Contudo, existe uma diferença colossal entre teoria e prática. Assim que o seu bebé chegar a casa, todas as suas expectativas voam pela janela. Muitos pais são apanhados de surpresa por terem outro ser, agora como prioridade da sua companheira. E como o pai não pode amamentar, o bebé naturalmente concentra-se mais na mamã. Tal como o seu bebé se está a desenvolver neste novo mundo, também o papá se deve moldar e adaptar ao seu novo papel.

 

Como posso criar laços entre pai e bebé?
O seu bebé também quer estar perto do pai!

É evidente que a ligação entre a mãe e o bebé é algo muito especial. Mas, em princípio, mães e pais conseguem interpretar igualmente bem as necessidades do seu bebé. Ambos sabem se o seu bebé está a chorar porque tem fome, ansiedade de separação ou, simplesmente, porque tem a fralda molhada. E, se os dois cuidarem do bebé de igual forma, este sentir-se-à intimamente ligado a ambos. Em resumo: o bebé irá procurar o calor e o afeto do pai, desde o primeiro instante. Basta pegar na sua mãozinha e dar-lhe muito amor e carinho.


Pai a segurar o filho no colo

Como ajudar a sua companheira no pós-parto

As primeiras quatro semanas após o nascimento do seu bebé são chamadas puerpério. Refere-se ao período de tempo em que a mamã recupera do trabalho de parto. Durante esta fase, os níveis hormonais drasticamente baixos mudam o corpo e o humor da sua companheira. Nessa altura, cerca de 3/4 das mães sofrem de problemas emocionais – ou «depressão pós-parto», o que pode trazer muitas lágrimas. Para ajuda, tudo depende de si enquanto pai: tome conta da sua família e abrace a sua companheira sempre que ela precisar. Mime-a com todo o seu amor e carinho – e, se aparecerem muitas visitas para verem o bebé, peça-lhes para sairem e voltarem noutro dia.


Como mudar as fraldas de uma forma simples. Ser pai, requer alguns sacrifícios

Mudar as fraldas já não deve ser um problema. Afinal de contas, estamos em pleno século XXI. No entanto, continuamos a ouvir falar de pais que evitam este dever paternal. Mas porquê? É uma excelente oportunidade para criar laços com o seu bebé. Com um pouco de prática, pode tornar-se muito divertido. Basta ter confiança nas suas habilidades paternas – a mamã e o bebé irão adorar que faça isso. Com estes breves conselhos, mudar as fraldas é uma brincadeira de crianças:

• Primeiro, dispa o seu bebé : os bebés não gostam de ficar deitados de costas durante muito tempo.

• Esteja preparado: para poupar tempo, deve ter fraldas, toalhitas e água à mão.

• Traga brinquedos: os bebés adoram brincar e estar entretidos.

• Mude de lugar: seja no sofá, no tapete ou na bancada da cozinha, qualquer lugar parece mais divertido do que a mesa muda-fraldas.

• Converse com o seu bebé: explique-lhe o que está a fazer e porquê. O seu bebé pode não compreender, mas irá gostar de ouvir a sua voz.

Bebé a descer as escadas com a ajuda do pai

pais felizes ao verem o bebé dar os primeiros passos

Estamos aqui para ajudá-los!

Se tiver alguma dúvida sobre os nossos produtos entre em contato connosco, teremos todo o gosto em ajudá-los e aconselhá-los.

Contacte-nos